13 minutos Que questão difícil, não? Se esse é o dilema que está assombrando a sua vida neste momento, muito cuidado para você não estar atacando o “moçinho”, achando que ele é o grande “vilão” dessa história. E eu falo isso porque muitos estudantes universitários, quando estão vivendo essa situação, tendem a não analisar o problema de forma crítica e global, e, com isso, acabam tomando decisões precipitadas e equivocadas. Geralmente acontece assim: o estudante se vê numa situação de conflito, precisa tomar uma Continue lendo